É muito comum se perguntar se você pode obter um cartão de débito para sua conta poupança. Afinal, os cartões de débito são uma maneira conveniente de fazer saques em caixas eletrônicos ou comprar mercadorias. Embora a maioria das pessoas use o cartão de débito da conta corrente, ter um da sua conta poupança seria um bom backup.

Este artigo discutirá se as contas de poupança oferecem cartões de débito e boas alternativas para as contas de poupança.

Cartão poupança serve como débito?

Antes de discutir se as contas de poupança oferecem cartões de débito, é importante definir o que é um cartão de débito. Os termos cartão de débito e cartão de conta poupança geralmente são usados ​​de forma intercambiável, mas na verdade se referem a coisas um pouco diferentes.

Um cartão de débito é o tipo de cartão em que a maioria das pessoas pensa quando usa um dos termos. Quando você abre uma conta corrente, seu banco fornece uma. Você pode usar o cartão de débito para fazer compras nas lojas. Você também pode usar seu cartão de débito para fazer transações nos caixas eletrônicos.

Cartões de poupança são menos comuns, mas parecem muito semelhantes aos cartões de débito. Assim como os cartões de débito, eles podem ser usados ​​para fazer compras nas lojas. Estes cartões podem ter também o logotipo MasterCard ou Visa e operarem nessas redes de pagamento.

As contas de poupança não oferecem cartões de débito

As contas de poupança não foram projetadas para servir como uma conta de transação. Eles foram projetados para armazenamento a longo prazo pelo seu excesso de dinheiro. Por esse motivo, as contas de poupança não oferecem cartões de débito ou a capacidade de emitir cheques contra eles. Porém, o cartão de uma conta poupança pode ser usado igualmente como um cartão de débito.

Uma conta no mercado monetário é uma boa alternativa?

O fato de você não poder obter um cartão de débito para uma conta poupança pode ser complicado. As contas de poupança pagam muito mais juros do que as contas correntes, por isso é compreensível querer manter o máximo de dinheiro possível em sua conta de poupança. Se você precisar manter uma conta corrente para lidar com os gastos do dia-a-dia, estará perdendo ganhos em potencial. Se você deseja uma conta que combine aspectos de contas correntes e de poupança, considere uma conta no mercado monetário.

Cartão de débito

Use um cartão de conta poupança como se fosse um cartão de débito para realiar compras. (Foto: Which magazine)

O que é uma conta no mercado monetário?

Uma conta do mercado monetário é um tipo especial de conta poupança. Oferece a flexibilidade de uma conta corrente com o poder aquisitivo de uma conta poupança. Os recursos de conta corrente que você pode encontrar com uma conta do mercado monetário incluem pagamento de contas online e compras com cartão de débito.

As contas do mercado monetário oferecem taxas de juros geralmente iguais ou superiores às taxas da conta poupança. No entanto, eles tendem a exigir saldos mínimos mais altos para ganhar o a taxa de juros anunciada. E eles provavelmente terão taxas mensais mais altas.

Quando você deposita dinheiro em uma conta poupança, o banco pega seu saldo e o associa ao dinheiro depositado por seus outros clientes. Em seguida, ele usa esse pool de dinheiro para financiar os empréstimos concedidos a seus mutuários. Seu saldo de poupança ajuda outras pessoas a obter empréstimos para automóveis, hipotecas e empréstimos pessoais.

Seus depósitos em uma conta do mercado monetário permitem que o banco receba juros sobre esses empréstimos. Parte desses ganhos é destinada ao pagamento de juros em relação ao saldo da sua conta.

Taxas e limites potenciais

Assim como qualquer outra conta bancária, as contas do mercado monetário cobram taxas. Embora você possa encontrar contas do mercado monetário que cobram menos taxas, há algumas que você deve prestar atenção especial. Um tipo comum de taxa é a taxa de manutenção mensal. Muitas contas renunciam a essa taxa se você mantiver um determinado saldo mínimo. Certifique-se de escolher uma conta com um saldo mínimo que possa manter.

As contas do mercado monetário também podem cobrar taxas para transações que vão além dos limites do pacote de serviços básico. Por exemplo, você pode estar limitado a uma certa quantidade de saques ou impressão de extratos. A partir de certo valor, você pode ser cobrado.

É importante lembrar que tanto contas do mercado monetário quanto contas poupança podem não ter a disponibilidade de cheque especial e emissão de cheques ou cartões de crédito. Isso pode limitar as funções dessas contas para suas finanças mas por isso, é importante ter uma conta corrente que atenda às suas necessidades.

Como escolher a conta certa no mercado monetário?

Como a maioria dos bancos oferece contas no mercado monetário, você tem muitas opções para escolher. Você deve sempre procurar por aí para garantir o melhor negócio possível em sua conta do mercado monetário. Dependendo de quanto você pretende depositar na conta, a diferença entre uma boa e uma má escolha pode ser de centenas de dólares.

Ao comparar contas do mercado monetário, considere estes fatores:

  • Requisitos mínimos de depósito
  • Manutenção e outras taxas
  • Taxas de juros
  • Tipo de rendimento: CDB, CDI, etc
  • Conveniência de caixas eletrônicos e agências

Se você tiver alguma dúvida, deixe nos comentários suas perguntas e iremos ajudar.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)