Hoje em dia, ter uma conta bancária é tão comum quanto portar uma carteira de motorista, que é algo que a maioria das pessoas tem. Mas “a maioria das pessoas” não significa “todos”. Talvez, devido a dificuldades financeiras ou má sorte, você tenha feito um excesso de cheques sem fundos e acabado com o nome sujo. Ou, talvez, você esteja começando de novo após um divórcio ou uma grande mudança e ainda não tenha encontrado uma nova instituição financeira. Quaisquer que sejam suas razões, não ter uma conta bancária pode ser uma responsabilidade. Você provavelmente já sabe disso. O que você pode não saber é como administrar sem a conta bancária onipresente e onipotente, especialmente quando se trata de empréstimos.

Apesar de ter uma conta bancária poder parecer um pré-requisito lógico para tomar um empréstimo, nem sempre é necessário. Forneceremos alguns exemplos de empréstimos que não exigem contas bancárias, bem como os benefícios e perigos de cada um. Continue lendo para saber mais.

Empréstimo para quem não tem conta em banco

Não vamos fazer muitas suposições aqui, mas se você não tiver uma conta bancária, também pode não ter muita riqueza acumulada no momento. Isso pode significar possíveis colapsos financeiros em cada esquina. Não há vergonha em estar em tal situação, pois ter de viver de salário em salário acontece com muitos de nós, especialmente em tempos de incertezas econômicas. Instituições que oferecem crédito consignado ou outros tipos de empréstimos emergenciais oferecem soluções temporárias para soluções financeiras. Esses credores fornecem empréstimos rápidos sem verificação de crédito e exigem muito pouca garantia, geralmente apenas uma prova de renda acima de uma certa quantia como, digamos, R$1.000 por mês.

Muitos credores também exigem que você tenha uma conta bancária, porque é uma maneira fácil para eles para verificar se você tem uma renda regular, e assim eles podem elaborar os fundos de reembolso no vencimento. No entanto, nem todos eles recusam clientes sem contas bancárias. Se você não tiver uma, provavelmente eles precisarão de muito mais informações para verificar sua renda. E eles também podem cobrar taxas mais altas do que seus outros clientes. A melhor maneira de descobrir se um credor irá oferecer-lhe um empréstimo sem uma conta bancária é ligar para aqueles em sua cidade e pesquisar.

Enquanto um empréstimo pode tirá-lo de uma crise financeira, tente procurar outras opções antes de tomar um empréstimo. Os prazos de reembolso e as taxas de juros desses empréstimos podem não ser tão atrativos. E apesar dos empréstimos consignados serem muito procurados, nem todo mundo poderá ter direito a esse tipo de empréstimo.

Empréstimo bancário

Você pode negociar empréstimos sem o intermédio de um banco, mas pode ficar limitado quanto às condições desses empréstimos. (Foto: Online Loan)

Não tenho conta em banco, então como fazer empréstimo sem ser consignado?

Ao contrário dos empréstimos consignados, que são descontados diretamente do seu salário, empréstimos para fins específicos, como a compra de bens parecem ser um grande negócio, desde que seja um bem necessário, e não um bem fútil. Um empréstimo para uma finalidade específica significa que você está tirando dinheiro para algo que custa mais dinheiro do que é capaz de pagar, mas que é necessário na sua casa.

Para esses empréstimos, você precisa verificar diretamente com lojas ou empresas que fornecem o bem que você quer. Você pode obter um empréstimo ou financiamento, que são dois lados da mesma moeda. Concessionárias, varejistas, entre muitas empresas podem oferecer esses empréstimos a condições mais favoráveis, já que o bem que você está comprando poderá ser usado como parte de sua garantia, reduzindo assim os riscos. Portanto, o negócio não depende necessariamente do que pode ou não estar na sua conta bancária ou se você tem uma conta bancária.

Agora, vamos encarar: se você não tem uma conta bancária, talvez não tenha um bom crédito, o que faz de você um cliente potencialmente ruim. Porém, a análise realmente depende de seu credor. Só saiba disso: como um tomador de empréstimos com um crédito ruim, suas taxas de juros provavelmente serão muito mais altas do que para tomadores com classificações de crédito mais desejáveis. O lado positivo é que, ao efetuar pagamentos no prazo, você pode usar seu empréstimo para ajudar a recuperar seu crédito.

Porém, recomendamos muito que você trabalhe para recuperar seu crédito e poder, então, ter uma conta no banco. Ter um relacionamento com as instituições financeiras proporciona os menores juros e as melhores condições para os empréstimos.

Evitando golpes de empréstimo

Ter crédito ruim e procurar empréstimos não convencionais pode torná-lo vulnerável a fraudes. Você pode não saber, mas se você não tiver uma conta bancária, poderá ter um grande alvo nas costas. Pelo menos, você faz se você está procurando dinheiro rápido ou empréstimos com juros altos. Existem muitas empresas de renome lá fora para pessoas sem contas bancárias para fazer negócios. Mas há tantos que atacam os financeiramente vulneráveis. Então, como você evita ser roubado?

Vamos começar com empréstimos consignados e semelhantes. Muitos credores são empresas legítimas. No entanto, por causa de suas altas taxas, às vezes eles são menosprezados como aproveitadores aqueles que estão desesperados. As taxas são muitas vezes são abusivas. Porém, nosso país tem leis que regem as taxas cobradas, e você pode se proteger evitando tais taxas ou, se já foi afetado por elas, entrando com uma ação contra o credor para reaver seu dinheiro.

Quando se trata de empréstimos para a compra de bens, credores de má reputação poderiam dizer-lhe que você se qualifica para uma taxa de juros muito maior do que o que seu crédito exige. As empresas podem marcar suas taxas de juros porque estão fazendo um serviço, agendando o empréstimo para você, mas algumas vão longe demais. Há algumas coisas que você pode fazer para evitar que isso aconteça com você. Primeiro de tudo, tente lidar com empresas renomadas e instituições financeiras sempre que possível. Em segundo lugar, faça uma pequena pesquisa em sua taxa de juros provável de antemão. Você pode fazer isso tentando pré-qualificar para empréstimos com alguns outros credores. Os números que você recebe devem ajudá-lo a determinar o intervalo geral em que sua taxa de juros deve cair.

Então, se você não tem uma conta bancária, não se preocupe: você tem opções. Apenas certifique-se de ser vítima de uma fraude.

Como você faz para pegar empréstimos sem ter conta em banco? Qual estratégia acha melhor?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)