Uma transferência envolve a movimentação de ativos, fundos monetários e / ou direitos de propriedade de uma conta para outra. Uma transferência pode exigir uma troca de fundos quando envolver uma mudança de propriedade, como quando um investidor vende uma propriedade imobiliária.

Para este artigo, estamos falando das transferências bancárias, onde geralmente é necessário colocar a finalidade do crédito em conta. E entender o conceito de transferência é o primeiro passo para isso.

O que é transferência?

Uma transferência é a movimentação de ativos, fundos ou direitos de propriedade de um lugar para outro.

Uma transferência também é usada para descrever o processo pelo qual a propriedade de fundos ou ativos é reatribuída a um novo proprietário

Serviços bancários, corretagem, criptomoeda, títulos de ativos e transferências de empréstimos são alguns exemplos de domínios e tipos de transações em que as transferências ocorrem.

Dependendo da finalidade da transferência, pode ser necessário colocar uma informação diferente na sua transação.

O que é finalidade de crédito em conta?

Finalidade de crédito em conta é, basicamente, o motivo da transferência bancária que está sendo feita. Como a transferência é um termo que tem uma ampla conotação entre vários setores e tipos de transação, a finalidade vai deixar mais claro o objetivo da transação, para controle da própria instituição financeira, de quem está enviando e de quem está recebendo o dinheiro.

Propósito de transferência

Quando for transferir dinheiro, saiba o que colocar na finalidade para que nenhum erro seja cometido. (Foto: Soul Brasil Magazine)

Finalidade crédito em conta corrente e outras: o que significa?

Quando um titular de conta move fundos de uma conta para outra, digamos de uma conta corrente para uma conta poupança com uma taxa de juros mais alta, ou da poupança para uma conta de investimento ocorreu uma transferência. Na maioria dos casos, a finalidade desta transferência será crédito em conta. Em outras palavras, a finalidade descreverá o objetivo da transferência.

Cada instituição financeira usará diferentes finalidades para transferências do tipo DOC ou TED. Como a transferência não precisa estar no mesmo banco,ode ser uma transferência interbancária de uma conta mantida no Banco A para outra mantida no Banco B. No setor bancário, os fundos também podem ser transferidos além-fronteiras através de transferências eletrônicas de uma conta doméstica para uma conta estrangeira e vice-versa.

Qual finalidade usar na transferência DOC ou TED?

Depende diretamente da finalidade da transferência bancária. Tanto para TED quanto para DOC, algumas das finalidades mais comuns incluem:

Crédito em conta corrente

Pagamento de: aluguel, condomínio, boleto, salário,comissão, fornecedores, impostos, honorários, dividendos, etc

Operação de: câmbio, fundos, bolsa de valores, etc.

Depósito judicial

Crédito para: investimento, aplicação, etc

Pensão alimentícia

Cada banco pode ter diferentes finalidades para DOCs e TEDs, e é necessário pesquisar na lista disponível para colocar a finalidade correta.

E se eu errar a finalidade da transferência bancária?

Quando um cliente decide fazer uma transferência bancária, ele deve ter em mãos os detalhes da conta de destino em mãos. Ele também precisa saber a finalidade desta transferência, mesmo que seja para ele mesmo. Isto serve para organização pessoal e para facilitar na hora de fazer o registro da finalidade. Porém, não há qualquer problema ou penalidade para o caso de errar a finalidade da transferência bancária.

Esperamos que não tenham ficado dúvidas sobre a finalidade da transferência. Caso vocês tenham alguma pergunta, deixem nos comentários e iremos responder.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)