Como receber dinheiro pelo CPF?

Escrito na categoria "Negociação" por André M. Coelho.

O Cadastro de Pessoa Física, chamado pela sigla CPF é o Número de Pessoa Física e é obrigatório para muitas transações do dia a dia no Brasil, incluindo abertura de conta em banco, candidatura a emprego, assinatura de operadora de celular e compra de carro ou imóvel. O CPF pode ser fornecido na forma de um cartão de plástico azul ou através de sua versão digital, o eCPF, e costuma ser aceito como forma de identificação no Brasil.

Agora já é possível receber dinheiro pelo CPF de algumas maneiras diferentes. Pix, nota fiscal, entre outras opções são apenas algumas opções. Vamos falar sobre todas elas.

Dá pra receber dinheiro pelo CPF?

Sim, de diferentes maneiras. O CPF, como é um banco de dados centralizado, o que facilita para criar mecanismos de transferências de recursos para os donos dos CPFs. Mas onde posso receber dinheiro pelo CPF? Bem, há algumas ferramentas que usam o CPF para enviar e receber pagamentos.

Consultar pelo CPF dinheiro da Nota Fiscal

Se você pede para colocar seu CPF na Nota Fiscal, em vários municípios e até em estados pode ter direito ao reembolso de parte do valor de sua compra. O exemplo mais popular é o da nota fiscal paulista. Funciona da seguinte maneira o cadastro para ver se tem dinheiro para receber pelo CPF:

  1. Acesse o site do programa de nota fiscal que você deseja verificar seus créditos. Digite no Google “nota fiscal NOME DA CIDADE/ESTADO”, ou o nome do benefício em si.
  2. Siga às instruções para o cadastro. Geralmente são necessários seu email, endereço, CPF, telefone e título de eleitor.
  3. Crie sua senha e faça o desbloqueio dela por email.
  4. Volte para o site e faça o login.
  5. Veja se tem créditos para resgatar e procure pela opção de utilizar créditos. Você geralmente pode usá-los para pagar contas, boletos, ou depositar em uma conta. Neste último caso, é necessário digitar os dados da sua conta para poder receber o dinheiro.
Dinheiro pelo CPF

Dinheiro pode ser recebido pelo CPF utilizando como chave para o PIX ou através de proramas como o Nota Fiscal paulista. (Foto: G1)

Consultar o PIS, FGTS ou auxílio emergencial pelo CPF

Você pode ter dinheiro a receber do PIS ou FGTS. Para saber se tem dinheiro a receber pelo PIS ou dinheiro do FGTS que pode ser sacado:

Para o PIS: baixe o aplicativo Caixa Trabalhador e informe seu CPF. Assim, verá se tem direito a algum benefício do PIS.

Para o FGTS: baixe o aplicativo FGTS e siga às instruções na tela para o cadastro ou login. Tenha em mãos o número da sua carteira de trabalho.

Para o Auxílio Emergencial: consulte o site do auxílio emergencial ou baixe o app do auxílio emergencial.

Veja que algumas das formas de sacar dinheiro pelo seu CPF podem necessitar de mais informações, como seu endereço e número da carteira de trabalho.

Consulte se tem dinheiro a receber pelo CPF pelo PIX

O PIX é o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. Gratuito e instantâneo, o PIX é uma forma de transferência bancária que agiliza bastante os processos financeiros no mercado.

Você pode ter dinheiro a receber pelo CPF para o PIX se já tiver feito o cadastro de sua chave CPF no PIX. Mas o que isso significa?

Significa que você autorizou seu banco ou instituição financeira a usar seu CPF como uma chave para transferir e receber dinheiro diretamente na sua conta. Você pode cadastrar mais chaves, sendo uma chave o seu CPF, uma um email, uma seu celular, e até duas chaves aleatórias criadas pelo app. É possível, inclusive, usar uma chave diferente para cada banco, cadastrando as informações para o PIX em cada instituição.

Para saber se você tem dinheiro a receber pelo PIX, é simples: basta ver sua conta bancária e verificar se alguém te transferiu dinheiro.

Conhecem mais formas de receber dinheiro pelo CPF? Compartilhem nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Quem não tem amigos e familiares dizendo que estão sem dinheiro? Como especialista em educação financeira e consultor empresarial com mais de 300 horas de cursos, André decidiu ajudar compartilhando seu conhecimento através de artigos neste blog. André tem graduação em pedagogia e especialização em padronização de processos e usa seu conhecimento para ensinar seus leitores a lidar melhor com o dinheiro.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Sem Dinheiro não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário