Quando os funcionários sabem exatamente o que procurar, você aumenta suas chances de detectar algo suspeito antes que uma fraude possa custar dinheiro para você ou possa causar problemas para seu cliente.

A emissão de boletos registrados pode ajudar a evitar fraudes e te ajudar a se proteger e proteger seus clientes. Mas o que são os boletos registrados? Como consultar e saber que eles são válidos?

O que é um boleto registrado?

Um boleto registrado é um boleto que tem todas suas informações registradas antes de seu pagamento. No momento de sua emissão, todos os dados de quem está emitindo e quem vai pagar o boleto são registrados. Estas informações são as seguintes:

  • Identificação de quem vai pagar o boleto e quem o emitiu
  • Endereço
  • CPF ou CNPJ do pagador e da empresa que o emitiu
  • Valor da operação.

Tanto o boleto quanto o banco terão estas informações registradas, garantindo que possam ser verificadas e confirmadas, evitando possíveis fraudes.

Como fazer a consulta de boleto registrado?

Como o boleto registrado tem seu registro e informações no banco ou instituição financeira que o emitiu, estas podem ser devidamente consultadas. A consulta pode ser feita diretamente no site da instituição financeira, na seção de consulta de boletos registrados.

Você pode ser mais facilmente direcionado para a consulta de boletos registrados digitando no Google “consulta de boleto registrado NOME DO BANCO”. Só não se esqueça de confirmar que na barra de endereços você está mesmo no endereço do banco, e não em outro site qualquer.

Como pesquisar se um boleto é fraude ou não?

Se você não está conseguindo consultar o registro do boleto, ainda é possível pesquisar se ele é fraudulento ou não, buscando por algumas informações.

Dica 1: um logotipo não tão nítido

É claro que você notaria se um boleto está completamente diferentes do que sempre foi. É por isso que os ladrões tentam fazer o mínimo possível de alterações nos boletos existentes.

A menos que seja um trabalho interno, eles não conseguem colocar as mãos no papel timbrado da empresa. Muitos digitalizam uma cópia e a imprimem em seu próprio papel. Mas coisas como o logotipo não parecerão tão nítidas em uma versão digitalizada.

Portanto, é importante prestar um pouco de atenção extra a um detalhe como esse.

Boletos registrados

Consulte um boleto registrado para evitar fraudes e proteger suas finanças. (Foto: Notícias ao Minuto)

Dica 2: os números das contas parecem diferentes

Se você estiver lidando com uma situação de “lavagem”, o ladrão poderá pegar uma fatura existente e 100% legítima e alterar uma única informação vital, como detalhes de uma conta bancária para o destino do dinheiro do boleto pago.

Novamente, um olho afiado pode salvar o dia. Você deve comparar a impressão nos campos-chave com a impressão no restante da fatura. É uma correspondência exata? Mesma fonte? As informações todas casam?

Também não seria demais comparar esse campo no boleto com os anteriores da mesma fonte como um controle extra.

Dica 3: informações de contato ligeiramente alteradas

É claro que os boletos mais difíceis de identificar parecem idênticos aos que você recebe todos os dias.

É exatamente com isso que os bandidos contam. E eles estão se preparando para o fato de que as empresas estão prestando mais atenção do que nunca ao que atravessa suas mesas.

Um sinal de que algo suspeito pode estar em andamento: as informações de contato foram alteradas. É claro que, se houver uma diferença radical, a maioria dos funcionários financeiros perceberá. É por isso que as pessoas menos honestas mudam as informações de contato de maneira tão discreta que são ignoradas pela maioria das pessoas.

Pelo menos é com isso que eles estão contando.

Um endereço de email que agora termina em .org em vez de .com, por exemplo, pode passar despercebido, mas é um aviso de que algo estranho está acontecendo.

Vale a pena checar cada vez que você for pagar um boleto. Leva 10 segundos para digitar um URL em um PC para verificar se está acessível. Mas pode poupar inúmeras dores de cabeça – e até dinheiro.

Dica 4: boletos em valores pares

Seus funcionários digitam muitos números em um determinado dia. Poucos deles provavelmente são números redondos.

De fato, se você encontrar muitos boletos com totais em quantidades iguais, seu radar deverá disparar.

Esse é outro sinal de alerta de fraude no boleto, dizem especialistas em fraude.

Dica 5: os mesmos números repetidamente

De acordo com a lei de Benford – também conhecida como lei do primeiro dígito -, os dados do boleto seguem uma certa sequência de números. Quando os números aparecem com mais frequência do que deveriam, é sinal de que você pode ter uma fatura questionável. Assim:

  • O número 1 deve aparecer 30% do tempo
  • O número 2 deve aparecer 17% das vezes, enquanto
  • O número 9 deve aparecer apenas 4,5% do tempo.

A maioria dos fraudadores não conhece a lei de Benford. Muitas vezes, eles usam os mesmos números repetidamente. A repetição é um gatilho para você investigar melhor o boleto.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)