Se você pedir dinheiro emprestado através de um cartão de crédito, então você provavelmente não terá que dar uma garantia. Cartões de crédito são empréstimos não garantidos em que o credor dá crédito em troca apenas pela sua promessa de pagamento. Muitos empréstimos pessoais também funcionam assim. Mas há aqueles que possibilitam o fornecimento de um bem como garantia, se você está tentando obter dinheiro físico real.

O que é um empréstimo com garantia?

Garantia é algo que pode garantir o empréstimo, criando para o credor um interesse garantido na propriedade. Se você não pagar o empréstimo deixando de fazer pagamentos, o credor terá o direito de voltar a comprar a garantia através de um processo legal específico. Para muitas pessoas hoje, obter um empréstimo pessoal significa usar um bem como carro como garantia.

Entendendo empréstimos com um carro como garantia

Empréstimos com garantia são empréstimos parecidos com o penhor. Estes empréstimos são normalmente concedidos por empresas financeiras que usam a propriedade que você tem de um veículo como garantia de que o empréstimo será pago.

Para participar desse tipo de empréstimo, é necessário que você já seja proprietário de um veículo. Ele não pode estar alienado ou no nome de outra pessoa ou instituição, tendo já sido completamente quitado em prestações. É também importante ter seguro completo do veículo.

Com um empréstimo desta natureza, você fará pagamentos mensais de acordo com o cronograma de pagamento listado nos termos do empréstimo. Normalmente, você paga o empréstimo no decorrer de seis meses ou um ano. Quando você finalmente pagar o empréstimo, o credor irá notar no título que o penhor foi removido, e você receberá de volta o título do seu carro. Você está livre para fazer o que quiser sem ter que se preocupar com o credor por mais tempo. É um empréstimo com taxas de juros mais acessíveis, mas ao fazer este tipo de empréstimo, é preciso saber alguns cuidados para evitar surpresas desagradáveis.

Seguro para empréstimo com carro como garantia

Antes de poder fazer um desses empréstimos, você precisa verificar sua apólice de seguro de carro. Se você tiver apenas uma apólice de seguro básica, seu emprestador provavelmente não aprovará o empréstimo. Isso ocorre porque o seguro de carro básico cobre apenas o dano ao carro de outra pessoa se você se envolver em um acidente. Nesta situação, o seu credor estaria sem sorte se acontecer de você entrar em um acidente e totalizar seu próprio carro. Se você tiver o seguro adequado, os credores exigirão que você ligue e adicione o credor como beneficiário da apólice de seguro. Isso significa que, se seu carro for destruído, o credor receberá o pagamento do seguro para garantir que ele recupere o valor.

É importante também que ao contratar o empréstimo, você faça um seguro para o caso de acidentes ou se ficar impossibilitado de pagar as parcelas. Dessa maneira, você protegerá seu bem, pelo menos por alguns meses, até se recuperar de alguma questão financeira, doença, ou acidente que te impossibilite de trabalhar.

Carro na garantia de empréstimo

Use um carro como garantia para obter empréstimos, mas tome cuidado para não sair prejudicado. (Foto: OnMoneyMaking)

Burocracia para o empréstimo com carro de garantia

Depois de escolher uma empresa de empréstimo de títulos e lidar com o processo de seguro, você terá que entregar seu título assinado. A companhia de empréstimo de título assinará o título como um proprietário de garantia. Isso significa que até que o empréstimo seja pago, eles terão direito legal ao seu veículo. Com isso em mente, você não poderá vender o carro enquanto o empréstimo ainda estiver em pagamento. Em suma, o credor vai se tornar algo como um co-proprietário do veículo, e seus direitos sobre o veículo vão superar o seu na maioria das situações. Os credores não reivindicarão os direitos de seus direitos de penhor, a menos que você não cumpra o contrato de empréstimo.

Vale a pena empréstimo com carro como garantia?

Se você depende do carro para ganhar dinheiro, não vale a pena. Mesmo que você pague o empréstimo em dia, o risco é muito alto.

Se você tem outras opções de empréstimos com juros baixos, também não vale a pena empréstimos que usem um veículo como garantia. Você pode usar empréstimos pessoais ou financiamentos com juros baixos para obter melhores resultados.

Se você não tem outras formas de empréstimo, faça um planejamento financeiro de economias para poder pagar o empréstimo em dia. Assim, você poderá separar os recursos para pagar o empréstimo sem correr o risco de perder seu carro.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)