O INSS é o Instituto Nacional de Seguridade Social. Este é um órgão independente vinculado ao Ministério da Seguridade Social e responsável pelas pensões, aposentadorias e outros direitos pagos aos cidadãos brasileiros.O CNIS faz parte da organização do INSS para ajudar o Governo a identificar os benefícios.

O que significa CNIS no INSS?

CNIS é uma sigla para Cadastro Nacional de Informações Sociais. No sistema do INSS, é usado para questões burocráticas de uma aposentadoria. Através do CNIS, um cidadão pode calcular o tempo de contribuição para a aposentadoria, verificar a manutenção da situação do segurado, entre outras informações para o trabalhador.

Todas as informações do CNIS podem ser facilmente acessadas pelo site do Governo do CNIS.

Quais informações estão no documento CNIS?

No CNIS, você encontrará um grande banco de dados com todas as informações previdenciárias do cidadão. Ele funciona como um extrato previdenciário, registrando todas as informações do contribuinte. Este registro é mantido desde 1976 para os vínculos empregatícios. A partir de 1979, passou a registrar o recolhimento de todos os contribuintes individuais. E desde 1990, começou a guardar informações das remunerações mensais.

Significado de CNIS

O CNIS é um cadastro do INSS para controle dos contribuintes. (Foto: TipsMake.com)

O que o INSS faz com as informações do CNIS?

O INSS é responsável por arrecadar contribuições para manter o regime brasileiro de Seguridade Social operando. Exemplos dos benefícios incluem:

  • Pagamento de aposentadorias
  • Pensões por morte
  • Doença
  • Auxílios para deficientes
  • Outros benefícios previstos em lei

Qualquer funcionário que trabalha no regime CLT contribui automaticamente para a Previdência Social e, consequentemente, para o INSS. Trabalhadores temporários ou independentes podem optar por pagar uma taxa mensal e se inscrever no programa de Seguridade Social. O mesmo vale para as donas de casa, estudantes e desempregados. Nesse caso, eles serão considerados pagadores opcionais.

Obrigações dos empregadores com o INSS

As empresas são obrigadas a cobrar o INSS da folha de pagamento dos funcionários. A quantidade de dinheiro a ser descontado depende dos salários. Esse valor será dividido em 12 parcelas a serem pagas de janeiro a dezembro. Quanto maior o salário, maior será a contribuição. No entanto, o valor máximo a ser descontado é estabelecido pelo INSS anualmente.

Além da contribuição do trabalhador, há também uma contribuição do empregador, calculada sobre a folha de pagamento.

Tipos de aposentadoria pelo INSS

A previdência social brasileira difere entre três tipos de aposentadorias pagas pelo INSS:

Devido à idade: para trabalhadores urbanos e rurais que atingem a idade de aposentadoria. A idade varia entre homens e mulheres.

Devido ao tempo de contribuição: pode ser total ou proporcional. Os trabalhadores do sexo masculino devem contribuir por mais tempo do que as melhores.

Por invalidez: a trabalhadores que, por doenças ou acidentes, foram considerados incapazes de realizar suas atividades.

Existem outros benefícios sociais proporcionados pelo INSS, em caso de acidente, necessidade de reclusão, doença e pensão.

Todo cidadão brasileiro pode contribuir de forma individual para o INSS, tendo assim acesso aos benefícios da Seguridade Social. Empresários, como os MEI, contribuem através do pagamento de uma DAS mensal, que já inclui todos os impostos a serem pagos. Todos estes tem registro do CNIS de suas informações pessoais e profissionais.

Ficou alguma dúvida sobre o CNIS ou sobre o INSS? Deixem nos comentários abaixo e iremos responder! Estamos aqui para ajudar e contribuir para seu conhecimento!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)