Se você está em uma situação financeira complicada mas tem um emprego, você pode ter a opção de obter um adiantamento sobre um pagamento futuro, principalmente o 13º salário. Isso pode ser feito na forma de um empréstimo com uma instituição financeira ou pedindo para seu chefe ou RH da empresa.

Prepare-se para explicar a si mesmo o quanto você precisa, por que precisa e como é seu plano de pagamento. Tome o seu tempo, reúna seus pensamentos e prepare-se para aumentar as chances de conseguir o dinheiro sem ter que se endividar demais.

Tipos de adiantamento do 13º salário

Você pode antecipar seu 13º de duas maneiras diferentes. A primeira e mais comum é através de empréstimos bancários que cobram juros pelo adiantamento. Os juros são geralmente baixos mas, de qualquer maneira, resultarão em uma perda de parte de seu salário adiantado para os juros. A segunda forma é através do pedido de adiantamento com a empresa. A vantagem desse tipo é que não há juros envolvidos. A desvantagem é que pode ser facilmente recusado ou te colocar em maus lençóis com seu chefe, se não for pedido da maneira correta.

O que pensar antes de fazer a antecipação do 13º?

Antes de solicitar um adiantamento, considere as possíveis repercussões cuidadosamente, seja qualquer um dos tipos de adiantamento. Se seu chefe disser não, você terá exposto seus problemas financeiros sem nenhum motivo. Se você está nervoso em fazê-lo, gaste todas as suas outras opções antes de solicitar o adiantamento. Lembre-se de que um adiantamento é praticamente como um empréstimo. Seu empregador pode definir os prazos de pagamento e cobrar taxas administrativas para cobrir a papelada. Seu empregador também pode cobrar juros. Se você perder seu emprego antes que o empréstimo seja totalmente pago, você ainda terá que devolver o dinheiro. A maioria dos empregadores não cobra juros nem taxas, mas é bom estar ciente dos custos desse adiantamento para não sair pedindo de qualquer jeito.

Já uma antecipação por instituições financeiras que cobram juros, é importante saber se essa é sua única opção antes de assinar qualquer papel para pegar esse adiantamento. Talvez você ossa reduzir alguns gastos, ou conseguir um empréstimo com menor taxa de juros. Seja qual for sua opção, a pesquisa será sua aliada para uma melhor situação financeira.

Pesquise as políticas da empresa sobre adiantamentos de salário

Uma vez que você tenha decidido que quer um adiantamento, tire o pó do manual do empregador e dê uma lida. Algumas empresas proíbem expressamente os adiantamentos de salário. Outras as disponibilizam apenas sob certas condições, como emergências médicas, reparos domésticos cruciais ou para cobrir despesas de luto, como viajar para um funeral. Se um adiantamento for possível, um sistema prescrito para solicitá-lo provavelmente já está estabelecido. Seguir as regras e procedimentos da sua empresa ao pedir um adiantamento aumenta a probabilidade de obtê-lo. Pedir uma empresa que proíbe adiantamentos, por outro lado, é um desperdício de tempo e deles. Vale lembrar que esse não é o caso para adiantamentos realizados através de instituições financeiras, pois elas vão emprestar ou não o dinheiro baseadas no seu score de crédito e não na finalidade dada aos recursos.

13º salário

O adiantamento do 13º salário pode ter custos, e nem sempre ser a melhor opção. (Foto: Serjusmig)

Como pedir adiantamento de salário?

Quem vai pedir o adiantamento de salário na empresa vai ter uma logística e burocracia muito maior para seguir e garantir que sua imagem profissional não seja prejudicada.

Você pode solicitar um adiantamento em uma carta ou agendar uma reunião cara a cara com o tomador de decisões de sua empresa. Mesmo se você escrever uma carta, seu chefe pode agendar uma reunião para que você possa conversar. Prepare-se para a reunião. Explique ao seu empregador por que você precisa do adiantamento. Exponha seu plano para pagar o dinheiro de volta e para garantir que o pedido seja um evento único. Se você estiver fazendo sua solicitação por escrito, inclua todas essas informações. Espere que seu chefe lhe pergunte como você planeja pagar o adiantamento se você for demitido ou decidir sair da empresa. Seja flexível, mas realista durante a conversa. Se o seu chefe não gostar do seu plano de pagamento, ele pode sugerir uma alternativa. Você deve considerar a proposta dele, mas não concorde com os termos que sabe que não pode cumprir. Isso só servirá para causar problemas mais tarde.

Após a reunião, o primeiro passo é escrever ao seu chefe ou gerente uma nota de agradecimento. Se ele ou ela concedeu o seu adiantamento ou não, é educado e respeitoso agradecer formalmente por seu tempo e consideração. Se você recebeu o adiantamento, você e seu empregador podem proteger uns aos outros através da elaboração de um contrato simples ou contrato de adiantamento. Este documento deve descrever o montante emprestado e os prazos de reembolso, ou como será descontado o valor do salário. Ambas as partes assinarão este contrato, tornando-o juridicamente vinculativo. Termos escritos protegem você e seu empregador, por isso não pule este importante passo. Se você fizer isso, não assuma que seu empréstimo não é executável. Os acordos verbais podem ter tanto peso quanto os escritos.

Pedir o adiantamento do 13º no banco é mais simples, relativamente, mas como dissemos antes, essa simplicidade terá custos adicionais.

Antecipar o 13º vale a pena?

Não se preocupe se você precisar de um adiantamento. Você não está sozinho e problemas financeiros acontecem com todos. No entanto, analise honestamente sua situação financeira e procure maneiras de melhorá-la.

Corte despesas desnecessárias, negocie taxas de juros mais baixas com os credores e faça o que puder para voltar aos trilhos. Pedir um adiantamento não é necessariamente um problema, mas pedir outro provavelmente desperta sinais de alerta para seu empregador. Você também tem muito menos probabilidade de obter um segundo, então faça o seu melhor para não precisar dele.

Explore todas as suas outras opções antes de se aproximar de seu chefe para um adiantamento ou pegar um adiantamento no banco. Você pode ser melhor servido pedindo um empréstimo de curto prazo de um membro da família. Você não quer que seu chefe o veja como uma pessoa que é financeiramente irresponsável ou que falha em planejar emergências.

Pense duas vezes antes de pedir um adiantamento para pagar por algo que possa ser considerado trivial ou desnecessário. Isso pode prejudicar a opinião profissional de seu chefe ou acabar te endividando desnecessariamente, no caso de um empréstimo bancário.

Você já pediu um adiantamento de 13º? Como fez? Ajudou ou prejudicou suas finanças?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)